Vigilância em Saúde de Itaipulândia está preocupada com possível epidemia de dengue no município


A Vigilância em Saúde de Itaipulândia realizou nos dias 6 e 7 de janeiro deste ano, o levantamento de índice rápido do aedes aegypti (lira), tendo como resultado 1.6 % IIP (índice de infestação predial).

Já nos dias 8 e 9 de janeiro o levantamento foi realizado nos bairros e comunidades do interior e o resultado ficou em 2.6 % IIP (índice de infestação predial), o que é considerado alto, haja vista que o ideal seria abaixo de 1% de índice.

Portanto, a eminência de epidemia é grande no município, sendo que todas as larvas coletadas deram positivo para o aedes aegypti.

O mosquito transmissor precisa de água parada. Neste sentido, pede-se a colaboração dos moradores para que mantenham seus terrenos em ordem, mantendo sempre limpos e livres de criadouros do mosquito transmissor da dengue, da zika e da chikungunya.

Os principais sintomas da dengue são: febre, dor de cabeça, dor na região dos olhos, dores nas articulações e mal estar geral.

Ver mais notícias