Educação e Transformação se revelam nas ações do 18 de Maio


Educação e Transformação se revelam nas ações do 18 de Maio

A fim continuar os trabalhos desenvolvidos pela campanha 18 de Maio, a Rede Pública Municipal de Ensino e a Secretaria de Educação mantêm ações que orientam os pequenos a como saber em quem confiar e como identificar comportamentos prejudiciais para a sua saúde e bem-estar infantil.

No CMEI Gente Inocente, as professoras e a psicóloga Jéssica abordaram com os alunos do Infantil 3 sobre as partes e os cuidados do corpo e conversaram sobre o que é consentimento, sobre toques que incomodam e a importância de dizer 'não'.

A professora da Classe Especial da Escola Carlos Gomes trabalhou com a história “Capivarinhas não andam sozinhas”, sobre a importância do olhar da família, da conversa, e uma mensagem de cuidado sobre comportamentos nocivos que evidenciam o abuso sexual.

Os alunos da Educação Infantil da Escola Rondônia produziram cartazes para conscientizar e alertar a população sobre a importância de denunciar possíveis casos de abuso infantil e colaram a arte na Unidade Básica de Saúde da Família de São José do Itavó e no comércio local.

Para a secretária de Educação, Angela Frey, “é indispensável que a criança possa refletir e compreender coisas que dizem respeito ao seu corpo e à sua segurança, por isso, a informação sobre sexualidade deve ser abordada com naturalidade, com conversas adequadas à maturidade e à idade das crianças e adolescentes, desmistificando um pouco o conceito preexistente entre nós”.

Galeria de Fotos

Ver mais notícias