Secretaria de Saúde realiza encontro com a Rede de Proteção para melhorar atendimento às vítimas de violência


Secretaria de Saúde realiza encontro com a Rede de Proteção para melhorar atendimento às vítimas de violência

Na tarde de ontem (2), a Secretaria de Saúde se reuniu com representantes da Rede de Proteção para orientar sobre os protocolos de atendimento às vítimas de violência. Estiveram presentes equipes da Secretaria de Educação, Conselho Tutelar, Secretaria de Assistência Social, Centro de Referência e Assistência Social, Polícia Militar e Polícia Civil.

 

“O objetivo deste encontro é melhorar e adequar o fluxo de atendimento às pessoas que sofrem algum tipo de violência, seja ela física, moral, psicológica, sexual, material, entre outras. Nisto, se encaixam a violência doméstica, ao idoso, à criança e ao adolescente, racismo, bullying e discriminação, por exemplo” – explica a coordenadora de Atenção Básica, Joceméri Kestring.

 

O encontro é a primeira fase de uma capacitação que será realizada aos profissionais do Poder Público em atendimento às vítimas de violência. A ação faz parte do conjunto de atividades realizadas no Setembro Amarelo, mês de combate ao suicídio e promoção à vida.

 

A Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente em Situação de Risco para a Violência é um órgão que tem o dever de assegurar os direitos, proteção social e desenvolvimento de potencialidades de crianças e adolescentes, para que tenham seus direitos ameaçados e violados, assegurando sua cidadania.

 

CVV

O principal canal de ajuda para prevenção ao suicídio é o Centro de Valorização à Vida (CVV). A ligação pode ser feita para o número 188 por telefone fixo ou por celular. Durante o atendimento, a pessoa em vulnerabilidade emocional irá conversar com um voluntário treinado que irá escutá-la ativamente. O objetivo do CVV é promover a valorização da vida e combater o suicídio.

 

DISQUE 100

O Disque Direitos Humanos, ou Disque 100, é um serviço para denúncia de violação de direitos. Podem ser denunciados casos de violência sexual às crianças e adolescentes, violência doméstica, violência contra o idoso, violência contra a pessoa com deficiência, racismo, homofobia, xenofobia, entre outros.

Galeria de Fotos

Ver mais notícias