Itaipulandienses devem ficar atentos ao mosquito transmissor da dengue


A Secretaria Municipal de Saúde, através do Departamento de Vigilância Sanitária, está empenhada no combate à dengue. Mesmo assim, de agosto de 2018 a julho de 2019, já foram confirmados 31 casos de dengue no município, sendo três importados (contraídos fora do município) e 28 autóctones: 10 em São José do Itavó, 03 no Centro, 04 no Belo Horizonte, 03 no interior, 05 no Curitibano, 02 Monday e 01 no Jacutinga. Alguns exames estão aguardando resultados e estes números poderão crescer nos próximos dias.

O Levantamento de Índice (LI) ficou com risco baixo e o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) ficou com risco médio com 1.7%.

Neste sentido, os Agentes de Endemia fazem visitas nas residência para averiguar denúncias, fazendo a remoção de material para eliminar criadouro ou realizam o bloqueio, que consiste em fazer a dedetização.

O paraná já registrou mais de 16 mil casos de dengue em 72 municípios, com mais de 20 mortes. Os números mostram que mesmo no inverno não se pode baixar a guarda. A secretaria convoca a população a adotar de forma permanente as medidas de combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Ver mais notícias