Vigilância em Saúde de Itaipulândia vai intensificar trabalho para conter possível epidemia de dengue no município

A Vigilância em Saúde de Itaipulândia estará realizando um cronograma intenso de prevenção e combate à dengue no município, nos próximos dias.

Os trabalhos de prevenção estarão acontecendo nas escolas, com palestras e nas residências, visando alertar para o perigo da dengue, que pode estar bem perto dos munícipes, inclusive em suas casas ou quintais.

Veja como será a programação:

- Dia 27 de fevereiro será na Escola Dona Leopoldina do Caramuru. Neste mesmo dia e no dia 28 de fevereiro, serão realizadas visitas nas casas da comunidade;

- No dia 02 de março a palestra será na Escola Tiradentes e Rondônia de São José do Itavó, envolvendo alunos e continuam as visitas na mesma comunidade, nos dias 02, 03 e 04 de março.

- Nos dias 05 e 06 de março as visitas acontecerão na comunidade de Jacutinga.

- No dia 09 de março seguem as vistas na Escola João Lorini de Santa Inês, com trabalhos com os alunos e vistas domiciliares nos dias 09 e 10 de março na mesma comunidade.

- No dia 11 de março será a vez da Escola Municipal Carlos Gomes e dia 12 na Escola Estadual Costa e Silva, além de visitas nos domicílios da sede, nestes mesmos dias.

Os trabalhos de conscientização junto aos alunos e visitas domiciliares, visam alertar para o perigo da dengue, que já conta com 23 mortes só no Paraná, de agosto de 2019 a fevereiro de 2020, com 26 mil casos confirmados.

O último boletim divulgado em Itaipulãndia coloca o município em estado de alerta. Já foram 36 notificações, 2 casos de dengue importados, 2 casos autóctone (surgiu no próprio município) e várias suspeitas ainda aguardando resultado dos testes.

Segundo informações do departamento de vigilância em saúde de Itaipulândia, estes números são considerados preocupantes, uma vez que o IIP (índice de infestação predial) é considerado alto no município. Portanto, a eminência de epidemia é grande, sendo que todas as larvas coletadas deram positivo para o aedes aegypti.

O mosquito transmissor precisa de água parada. Neste sentido, pede-se a colaboração dos moradores para que mantenham seus terrenos em ordem, mantendo sempre limpos e livres de criadouros do mosquito transmissor da dengue, da zika e da chikungunya.

Os principais sintomas da dengue são: febre, dor de cabeça, dor na região dos olhos, dores nas articulações e mal estar geral. Caso alguma pessoa sentir estes sintomas deve procurar um médico.

Serviços
Telefones Úteis
Assistência Social | (45) 3559-2024
ACIAI | (45) 3559-1431
Câmara de Vereadores | (45) 3559-1128
Conselho Tutelar | (45) 3559-1166
Detran | (45) 3559-1241
Hospital | (45) 3559-1151 / 2068
Junta Militar | (45) 3559-2024
Posto de Saúde | (45) 3559-1190 / 1238
Samu | (45) 3559-1717 ou 192
Sanepar | (45) 3559-1429
Vigilância Sanitária | (45) 3559-1715
Horário de Atendimento 07:30h às 11:30h | 13:00h às 17:00h - segunda a sexta-feira

Rua São Miguel do Iguaçu n° 1891 - Centro - (45) 3559 - 8000
imprensa@itaipulandia.pr.gov.br